24/11/2014

Resenha: A Esperança - Parte 1

Katniss Everdeen surpreendeu toda Panem quando sobreviveu aos Jogos Vorazes, não uma, mas duas vezes, o que a jovem não esperava era se tornar um símbolo da revolução. Agora o presidente Snow quer silenciar o povo, mas para fazer isso ele tem que destruir o Tordo, ele deve destruir Katniss de uma vez por todas.

Dirigido por Francis Lawrence, o filme tem duração de 125 minutos e é estrelados por Jennifer Lawrence, Liam Hemsworth, Josh Hutcherson, Julianne Moore e Woody Harrelson.

Na trama, Katniss sofre as consequências de sua fuga nos jogos. A garota é levada para o Distrito 13, lá é avisada que deve atuar como símbolo da revolução em comerciais contra a capital, além disso precisa convencer as forças do 13 a resgatar Peeta que foi sequestrado e aprisionado pelo governo.

O filme é extremamente fiel ao livro de Suzanne Collins, é a adaptação da primeira parte da obra literária, a segunda tem lançamento previsto para 15 de novembro de 2015. Essa divisão é completamente desnecessária, o enredo da primeira parte é fraco e muito lento, a história demora muito pra se desenvolver e algumas cenas são irrelevantes para a trama.
cara de nojenta

A Esperança parte 1 é uma ótima adaptação, mas um filme decepcionante. Algumas atuações falham muito, até a própria  Jennifer Lawrence não convence tanto nas cenas de Katniss (personagem que representa desde 2012). O ator que mais surpreendeu durante todo o filme foi Josh Hutcherson, suas cenas foram intensas e realmente exprimiram os pensamentos do personagem, os sentimentos foram entregues para o público e mostraram o potencial do ator.

Lento, mas divertido A Esperança - parte 1 mostra o quão desnecessária é a obsessão de Hollywood por dividir o final de sagas em duas partes, agora as expectativas estão na sequência, nós do R esperamos bem mais da parte 2.





0 comentários: