22/11/2014

Resenha: IT- A Coisa

Oi pessoal, tudo bem?
Bom, há eras eu fiz uma TAG sobre livros de terror, mas não consegui postá-la por motivos de força maior (lê-se vestibulares e provas finais), depois de tanto tempo finalmente estou livre para divulgar todos os maravilhosos livros de terror que me divertiram durante esse tempo, para começar eu decidi resenhar IT- A Coisa.

Ben, Mike, Bev, Stan, Richie, Bill e Eddie, são crianças. Eles vivem em uma cidadezinha no Maine, brincam, riem, se apaixonam, brigam e crescem, mas o que esse grupo não esperava, é que essa amizade forte pudesse despertar o ódio de uma criatura maligna.

Preço: R$ 79,90
Autor: Stephen King
Editora: Suma das Letras
Páginas: 1104

Crianças e adolescentes estão desaparecendo em toda Derry, a população, mesmo amedrontada, não faz nada para evitar isso. Um grupo de sete crianças (seis meninos e uma menina) crê que um ser sobrenatural está se alimentando do futuro de Derry. Esse ser é assustador para alguns e apaixonante para outros. Ele é Bob Gray, ou "O Palhaço  Pennywise" para os íntimos.

Um dia, algo acontece nos esgotos da cidade, os sete enfrentam o palhaço, aparentemente o derrotam e fazem um pacto de que se algum dia o monstro voltar, os sete voltariam à Derry para confrontá-lo mais uma vez, 27 anos se passam e cada um deles segue um rumo diferente na vida, mas um reencontro entre o grupo parece bem provável quando crianças começam a desaparecer e as evidências confirmam o que todos temiam, Pennywise, o palhaço dançarino está de volta e ele tem novas brincadeiras em mente.

Pennywise é um vilão extremamente carismático, mesmo sabendo que ele comete atrocidades é impossível não amá-lo, seus diálogos com os sete são assustadores e cativantes ao mesmo tempo, sua habilidade de se transformar no maior medo de cada um nos ajuda a entender melhor a personalidade dos personagens.

No livro é possível acompanhar as mudanças na vida dos sete, desde pequenos.O grupo é formado por pessoas muito frágeis por serem crianças, mas que possuem personalidades extremamente fortes, Bill é o líder do grupo, além de ser o mais alto, o garoto também é ótimo com palavras, mas apenas nos papéis, pois quando fala, ele nunca consegue evitar a gagueira. Bev é a menina, mas é também um dos membros mais fortes dos sete, ele é guerreira, divertida, mas sua bravura fica do lado de fora da porta de casa, pois quando entra seu pai geralmente a espanca. Eddie é corajoso, pularia na frente de uma arma para salvar seus amigos, mas depende da mãe e de sua bombinha de asma para tudo. Ben é genial, consegue construir várias coisas, mas sofre muito nas mãos de um valentão da escola e ainda odeia seu próprio corpo, por ser gordo. Mike e Stan são apagados e quase nunca fazem nada de relevante para o grupo, mas quando seus amigos estão em perigo, os dois podem surpreender todos, incluindo o leitor.

Como o livro se passa em duas épocas (passado e 27 anos depois) as histórias são bem diferentes, assim como os personagens, o grupo dos sete é muito mais carismático e divertido no passado, Stephen King  me surpreendeu com essa mudança de personalidade dos sete, além disso em algumas partes o autor faz transições passado-presente no meio de um diálogo, o que deixa a leitura bem dinâmica e mantém a atenção do leitor.

Assustador, divertido e viciante It irá te fazer pensar duas vezes antes de aceitar um balão de
presente.


0 comentários: