10/05/2016

Resenha: Sniper Americano (Livro)

Um relato realista sobre a vida e a carreira do maior atirador de elite dos Estados Unidos da América. Cruel, patriótico e um pouco perturbador, Chris Kyle mostra como conseguiu se tornar uma Lenda entre centenas de atiradores.

Preço: R$ 39,90
Autor: Chris Kyle, Jim DeFelice e Scott McEwen
Páginas:343
Editora: Intrínseca

Você provavelmente já ouviu falar de Chris Kyle, a vida do maior atirador de elite que os EUA já teve, a adaptação cinematográfica ganhou o Oscar  de melhor filme. No livro de memórias é possível saber mais sobre o homem que se tornou símbolo de patriotismo e sacrifício.

"Olhando pela janela, eu estava ansioso para a batalha começar. Eu queria um alvo. Desejava atirar em alguém. Não precisei esperar tanto assim."
Sniper Americano é obviamente um livro forte. Em suas páginas existem relatos de missões, mortes, explosões e algumas atividades dos SEALs (força operacional da qual Kyle fazia parte). Não é um livro para pessoas fracas, durante as descrições o autor conta sobre seus pensamentos durante disparos, técnicas que utilizava para acertar os tiros e demonstra uma falta de remorso quase assustadora. Se o leitor espera que esse seja um livro sobre a humanidade de um atirador, recomendo procurar outra leitura, pois as missões de Kyle não exigiam o mínimo de misericórdia.

Depois da primeira morte, as outras são fáceis. Não tenho que me preparar nem fazer nenhum esforço mental em especial"

Alguns capítulos apresentam descrições extremamente técnicas sobre os armamentos utilizados em combates, para alguns esses assuntos podem ser interessantes, mas confesso que achei várias dessas partes extremamente entediantes. Sniper Americano pode ser um livro estressante para aqueles que se interessam por políticas internacionais. Kyle é quase cego ao defender seu país, em alguns momentos o autor relaciona o Islamismo ao "mal" e quase todos os homens de uma região são tidos como inimigos, sem nem pestanejar.

É difícil para nós que não temos conhecimento sobre como guerras são e quais as marcas que elas deixam na vida dos que participam, mas os relatos de Chris Kyle demonstram uma frieza assustadora que muitas vezes é defendida pelo povo americano, esse livro mostra o principal motivo da xenofobia que percorre todos os EUA na era Trump. Kyle exibe um pensamento maniqueísta de "eles Vs nós "que é compreensível por se tratar de um cenário hostil, mas não é justificável.

Violento, sincero e direto. Sniper Americano é um livro que todos deveriam conhecer, mesmo possuindo mensagens que não devem ser propagadas e muito menos praticadas, mostra uma visão realista da guerra e de como muitos estão dispostos a fazer qualquer coisa por suas ideologias.



2 comentários:

  1. Excelente resenha!👏👏 Não li o livro, mas quem sabe mais pra frente...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Gi!
      Boa sorte com a leitura, é bem forte, mas como disse no texto, extremamente necessária. :)

      Excluir