31/10/2016

Exorcismo e o Terror dos Fatos Reais [ESPECIAL HALLOWEEN]

O que faz a frase “baseado em fatos reais” transformar filmes de terror em sucessos estrondosos? Seria a ideia de que tudo que é exibido poderia acontecer com cada um de nós? Pensando nisso, nós do R de Resenha decidimos encerrar o Especial de Halloween com a resenha do livro que inspirou O Exorcista e com uma lista de 5 filmes assustadores baseados em fatos reais! :o

A história de “O Exorcista” surpreendeu quando mostrou Regan, uma menina pura e inocente que é possuída por uma entidade demoníaca, revolucionou o horror com cenas fortes e inseriu uma ideia que ainda é presente nos filmes de terror. Mas você sabia que todo esse sucesso advém de um acontecimento real? A possessão de “Robbie” que na tentativa de contatar uma tia falecida acabou abrindo portas para entidades malignas, inspirou William Peter Blatty a escrever O Exorcista, livro que foi base para o clássico cinematográfico de 1973.

Preço: R$ 54,90
Autor: Thomas B. Allen
Editora: Darkside Books
Páginas: 267

É completamente impossível não se lembrar da pequena Regan possuída quando pensamos em Terror. O filme “O Exorcista” tornou-se um clássico não só pela sinceridade ao mostrar a garota falando palavrões e vomitando nas pessoas, mas também pela similaridade de acontecimentos recorrentes em casos de possessões. Isso só foi possível devido às informações encontradas no diário de um dos padres presentes no processo e das descrições presentes no livro.

A escrita é cheia de informações religiosas, diálogos em latim e de narrações das situações incomuns à volta de “Robbie”. Mesmo sendo interessante e detalhada, a leitura não é muito dinâmica, várias situações ocorrem muitas vezes e são mencionadas pelo autor. Isso poderia ser um ponto extremamente negativo em obras ficcionais, mas é algo compreensível, visto que o livro é um registro de acontecimentos que deveriam ser detalhados pelo autor.
O tabuleiro Ouja.

A edição é fenomenal, a Darkside Books fez um trabalho brilhante! O livro é em capa dura, possui marcador em cetim e uma representação de um tabuleiro Ouija que pode ser utilizada com um marcador que acompanha a obra (Use por sua conta e risco!!!). No final do livro é possível consultar a transcrição exata dos acontecimentos no Diário do Exorcista, buscar mais informações através da bibliografia e ainda consultar as fontes utilizadas no processo de escrita.

Exorcismo é uma experiência completa para aqueles que buscam saber mais sobre o caso de “Robbie”, mas diferentemente de Ed e Lorraine Warren – Demonologistas, esse livro não possui um caráter explicativo, ou seja, o autor não esmiúça os significados dos acontecimentos, somente descreve para que o leitor tire suas próprias conclusões. Para ler nossa resenha de Ed e Lorraine Warren – Demonologistas clique aqui.

Exorcismo possui vários momentos que causam angústia e repulsa, Robbie faz coisas surpreendentes para uma criança de sua idade. A obra intercala momentos terríveis com uma paz momentânea, deixando o leitor curioso e apreensivo pelos próximos ataques da entidade. Infelizmente, o “confronto final” entre o exorcista e o exorcizado não é tão forte quanto o esperado, isso decepciona um pouco e compromete o desempenho da obra.

Inquietante, forte e um pouco perturbador. Exorcismo é uma obra intensa sobre possessões. Os fatos narrados criam uma atmosfera de apreensão que fica com o leitor mesmo após a leitura. O modo sincero e sem floreios como a história é contada convence o leitor e não lhe permite esquecer que tudo que é lido realmente aconteceu. Uma obra indicada para todos que gostam de uma boa história de horror e que ficam arrepiados só de ler a frase “baseado em fatos reais”.






Lista 5 filmes de Terror baseados em fatos reais

O Exorcista 
Ficção:
Quando a jovem Regan começa a ter mudanças comportamentais sua mãe imagina que seja por causa da puberdade, um processo comum na adolescência, mas quando a garota mostra poderes sobrenaturais, fala blasfêmias e ofensas, todos desconfiam que algo muito pior possa estar acontecendo com ela.


Realidade:
Na vida real o caso que inspirou o filme aconteceu com "Robbie", um menino de treze anos. Os acontecimentos não foram tão drásticos como em O Exorcista, mas o garoto também causou bastante estrago. Móveis levitavam, arranhões eram ouvidos por toda a casa, o menino cuspia constantemente nos padres incumbidos da função de exorcizá-lo e até atacou um deles fisicamente!


O Exorcismo de Emily Rose 
Ficção:
Emily Rose é uma jovem religiosa que começa a lidar com visões e perturbações sobrenaturais. Um padre é chamado para exorcizá-la, mas a garota não resiste ao processo e acaba morrendo. O padre é acusado e uma advogada agnóstica é contratada para defendê-lo, no processo ela passa por situações que fazem-na questionar suas certezas.


Realidade:
Anneliese Michel era uma jovem católica que passou por diversas provações físicas e psicológicas. Acreditava-se que a garota estivesse possuída por diversos demônios e por isso foram feitos vários exorcismos, mas Anneliese morreu de desnutrição. Os padres envolvidos e os pais dela foram acusados por negligência, mas somente os padres foram condenados.


Chucky, O Boneco Assassino
Ficção:
Enquanto foge da polícia Charles Lee Ray é atingido e começa a desfalecer, para evitar morrer, criminoso transfere sua alma perversa para dentro de um boneco infantil. O brinquedo acaba parando nas mãos de Andy Barclay, um garoto inocente que nem imagina os planos nefastos que Charles tem para ele.


Realidade:
Uma enfermeira versada em magia negra resolve presentear o filho de seu chefe com um boneco, mas antes disso amaldiçoa o brinquedo. A família começa a notar acontecimentos estranhos, o boneco movia-se, cômodos onde ele era deixado eram encontrados bagunçados momentos depois e durante as brincadeiras com o garoto era possível ouvir respostas do brinquedo. 


Annabelle
Ficção:
Mia é uma dona de casa que adora colecionar bonecas, uma noite ela é atacada por uma mulher estranha que estava em posse de uma de suas bonecas, ela escapa e a moça se suicida, ainda com a boneca em mãos. Após isso, a mulher passa a ouvir sons estranhos, ter visões assustadoras e é perseguida por um demônio.


Realidade:
Uma enfermeira começa a notar que sua boneca nunca é encontrada nos locais que era deixada e por isso resolve contatar uma médium. Ela descobre que o brinquedo estava sendo manipulado pelo espírito de Annabelle, uma menina de sete anos que morrera na região, ela pede para ficar na casa e a enfermeira permite. Depois disso, a moça e seus amigos sofrem opressões e até ataques físicos e descobrem que na verdade a boneca estava sendo usada por uma entidade demoníaca.


Invocação do Mal 2
Ficção:
Quando Janet e sua irmã começam a brincar com uma tábua Ouija, acontecimentos estranhos passam a ocorrer em toda a casa. Cruzes viram de ponta cabeça, móveis são arrastados e a menina é teletransportada para cômodos trancados. Logo a família descobre que um demônio está perturbando a casa. O casal Warren investiga o caso, mas também é assombrado por uma freira que ameaça a vida dos dois.


Realidade:
O filme possui vários acontecimentos fiéis. Janet realmente foi possuída por um fantasma que falava através dela, os móveis se moviam pelos cômodos e até policiais presenciaram os acontecimentos sobrenaturais. Já a participação dos Warren foi aumentada, na vida real eles só passaram um dia investigando a casa.

Essa é a nossa lista, lembrou de algum e acha que ele merecia estar aqui? Comente aí embaixo! Feliz Halloween >:D

0 comentários: