09/06/2017

Resenha - Matéria Escura

Jason Dessen é um profissional frustrado. Feliz? Sim! Dono de uma família linda? também, mas mesmo assim se questiona sobre a carreira científica promissora que abandonou pela família. Até que um dia é atacado por um homem estranho e acorda com pessoas desconhecidas agindo como se fossem amigos de longa data, sua família não existe mais, sua esposa namora outro homem e seu filho nunca chegou a nascer. Jason precisa decidir o que é mais importante para ele e entender o que causou essas mudanças na sua vida.

Preço: R$ 49,90
Autor: Blake Crouch
Editora: Intrínseca
Páginas: 343

Matéria Escura é o livro de estreia de Blake Crouch. A obra é uma ficção-científica de altíssima qualidade com uma trama dinâmica e cheia de momentos eletrizantes, o autor consegue deixar o leitor apreensivo em diversos momentos e descreve cenas violentas de forma competente. O protagonista é bem desenvolvido e é absolutamente impossível não torcer pelo sucesso de sua jornada. Blake debate a importância das decisões que tomamos e passa uma mensagem fortíssima através de sua história. 

Matéria Escura explora conceitos de física quântica de forma simples e compreensível, diferente de vários livros de ficção científica que deixam mais perguntas que respostas. A leitura é fácil, tanto pela diagramação agradável quanto pela escrita dinâmica e de altíssima qualidade. Blake Crouch não deixa a trama ficar monótona e a todo momento somos surpreendidos com capítulos fortes que mantém a atenção (e a curiosidade) do leitor. O livro também contém momentos pesados e dramáticos, que dão maior profundidade para os personagens e geram empatia. Crouch consegue mostrar o peso das nossas decisões e como as emoções podem afetar nossas vidas e as das pessoas ao nosso redor.

A edição da Editora Intrínseca é linda! A capa é tem um design simples, mas de muito bom gosto e a diagramação é excelente. A capa é dura e o livro é de um material de altíssima qualidade. Todo o trabalho em volta da edição é primoroso e mostra que a Intrínseca está aumentando (ainda mais) o nível de qualidade de suas edições.

Matéria Escura é com certeza meu livro favorito do ano (até agora), a profundidade da trama, o desenvolvimento dos personagens, a dinamicidade da leitura, a escrita primorosa e o trabalho editorial de qualidade formam um conjunto que mantém o leitor preso por horas. É um dos melhores livros de estreia que li até hoje e consolida Blake Crouch como um autor competente que foge do óbvio e cria histórias não só divertidas e interessantes, mas que causam reflexão e engrandecem o leitor como pessoa.

Uma obra indispensável, não só para aqueles que adoram o gênero da ficção científica, mas para todos que buscam tramas criativas, inteligentes e fora dos clichês. Jason Dessen e os personagens de Matéria Escura são marcantes, realistas, cheios de vulnerabilidades e com certeza continuarão na memória do leitor, mesmo semanas após a conclusão da leitura.


2 comentários:

  1. Excelente resenha, já coloquei o livro na minha listinha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Gi! Espero que goste da leitura, depois me fala o que achou 😉

      Excluir